SUBIR

7 dicas para se livrar da infiltração na parede definitivamente

Manchas, bolhas, tinta descascando, revestimento se soltando: esses são sinais muito claros de infiltração. Mais do que prejudicar esteticamente a parede ou estragar os móveis, esse problema pode afetar a saúde dos moradores e comprometer a estrutura da construção. Por isso, ele precisa de uma solução imediata.

Quer descobrir como se livrar definitivamente das infiltrações para preservar a decoração do ambiente e garantir a qualidade de vida da sua família? Então fique atento às nossas dicas!

1. Identifique as causas da infiltração na parede

Infiltrações são como doenças: não adianta mascarar os sintomas sem identificar e tratar as causas. Felizmente, na maioria das vezes o diagnóstico é muito simples.

Por isso, antes de adotar qualquer solução “milagrosa” oferecida pelo mercado, recorra a um profissional para analisar a estrutura da parede, verificar se existem falhas e identificar a real razão do acúmulo de umidade.

Entre os motivos mais comuns, podemos destacar:

  • problemas com a calha e direcionamento da água das chuvas;
  • sistema de drenagem ruim;
  • rachaduras nas paredes;
  • defeitos no encanamento;
  • caimento inadequado do piso;
  • falha na impermeabilização de piso, fundação, lajes etc.;
  • falta de ventilação na casa;
  • erros na drenagem do ar-condicionado.

2. Aja rapidamente

É importante entender que a infiltração não só prejudica a casa esteticamente, estraga a mobília próxima à parede e afeta a qualidade de vida dos moradores, o que já seria grave!

A água também é a inimiga número um das estruturas na construção. Se você não tomar providências imediatas, o dano pode se espalhar e tornar o conserto muito mais caro. Por isso, a solução dos problemas com infiltração não deve ser adiada.

3. Corrija o problema detectado

Depois de identificar a causa, é necessário realizar a correção. De nada adianta investir no reparo estético daquela parede (pintura, revestimento etc.) se o problema for causado por uma fenda na calha ou até mesmo por uma telha quebrada. Sem o devido conserto, a infiltração aparecerá novamente.

4. Realize o processo de impermeabilização

Seja qual for a origem do problema, a solução da infiltração na parede sempre envolve a impermeabilização com produtos específicos vendidos em lojas de material de construção.

  • infiltração no teto ou parede: nesse caso, é preciso impermeabilizar a área externa;
  • infiltração em que a umidade vem do chão: a área deve ser impermeabilizada após quebrar o piso e tirar o reboco;
  • infiltração originada na propriedade do vizinho: essa situação é mais complicada, pois ele também precisará realizar uma reforma e impermeabilização da área de contato.

5. Escolha revestimentos de qualidade

Além de escolher revestimentos de fabricantes confiáveis, é preciso garantir a utilização do tipo adequado para impermeabilizar a superfície que precisa desse tratamento.

Um exemplo é a diferença entre a aplicação da impermeabilização rígida e da flexível. Por exemplo: é importante utilizar o tipo flexível para evitar rachaduras em lajes, pois elas são vulneráveis às mudanças de temperatura e sofrem mais retração e dilatação.

6. Restaure a parede

Somente depois de todo esse processo é possível melhorar o aspecto da parede com segurança. É preciso descascar todo o revestimento e refazê-lo, sem se esquecer de aplicar os produtos impermeabilizantes misturados à massa.

Com a parede protegida, o proprietário terá a certeza de que a pintura ou o novo revestimento escolhido terão uma longa duração, evitando retrabalho e mais gastos.

7. Continue a manutenção

Por mais que uma infiltração tenha sido resolvida, os imóveis estão sujeitos a esse problema durante toda a vida. Podem surgir novas rachaduras em calhas ou na laje, ou é possível que um instalador fure um cano sem querer.

Portanto, é preciso manter a atenção e realizar uma manutenção periódica, a fim de identificar essas situações e corrigi-las antes que provoquem danos à construção.

 

Fonte: Pointer



Veja mais Notícias

#paiolmadeiras

CURTA, SIGA E COMPARTILHE AS NOSSAS REDES SOCIAIS: