SUBIR

6 dicas para ter uma casa mais feliz

Vejo como fazer com que seu lar se torne palco de experiências positivas e um ambiente de felicidade para toda a família.

There’s no place like home (não há lugar como o nosso lar). A famosa frase de O Mágico de Oz, filme clássico de 1939, é utilizada até hoje para retratar como a nossa casa está intimamente relacionada à sensação de felicidade. Não é à toa que, normalmente, nos sentimentos mais seguros e confortáveis quando estamos no aconchego lar – exemplo disso é aquele momento de alívio quando chegamos em casa depois de uma viagem.

Deni Savi é jornalista especializada em ciência da felicidade, um campo de estudo que reúne a psicologia positiva, a neurociência e a ciência das emoções, e tem por objetivo mapear a vida humana, apontando caminhos que levam a uma existência plena e feliz. Segundo ela, a felicidade que sentimos dentro do nosso lar está diretamente relacionada às sensações e memórias afetivas que ele nos transmite.

“Não é a construção, os revestimentos e a decoração que te farão feliz, mas as experiências vivenciadas dentro de casa com as pessoas que você ama, seja sua família ou seus amigos”, ressalta Deni.

Para que um lar seja palco de experiências positivas e capaz de nos transmitir a sensação de felicidade, algumas medidas podem ser tomadas por nós para incentivar o relacionamento entre seus moradores e visitantes. Veja as dicas compartilhadas pela especialista para garantir a felicidade dentro de casa:

1. Crie espaços de convivência

Deni incentiva a existência de espaços que sirvam para abrigar boas conversas em casa. “Uma sala com poltronas convidativas, onde as pessoas ficam próximas umas das outras, e uma mesa de jantar com cadeiras bem confortáveis para que as refeições se estendam para bons papos, são boas sugestões”, diz.

2. Decore com personalidade

Para além de incentivar o convívio, Deni explica que a casa também precisa contar história, e isso pode ser feito por meio do uso de fotos, utensílios e objetos decorativos que tenham a personalidade dos moradores. “Um verdadeiro lar tem a identidade de quem mora nele, sem contar que os elementos afetivos humanizam e trazem aconchego para cada cantinho”, enfatiza.

3. Dê espaço para a luz natural

A luminosidade de um ambiente também é fator que influencia no bem-estar dentro de casa, de acordo com a especialista. Segundo ela, o acesso à luz natural faz parte da nossa sobrevivência e dos ciclos naturais dos seres vivos. “Por isso, é essencial que tenhamos contato com ela por, pelo menos, algumas horas por dia”, ressalta.

4. Invista no verde

As plantas também são imprescindíveis para a nossa felicidade em casa, de acordo com Deni. Além de aumentar a sensação de paz e tranquilidade, elas filtram o ar que respiramos e tornam o ambiente livre de poluentes. Ou seja, não só nos acalmam, como também deixam o ambiente mais saudável.

5. Use as cores a seu favor

Ainda falando em sensações, as cores têm um impacto importante no nosso humor. Mas Deni ressalta que é preciso entender como cada uma delas influencia os ambientes, antes de colocar a mão na massa e pintar as paredes de casa. “Amarelo, por exemplo, é descontração; azul traz tranquilidade, laranja a energia e verde significa saúde”, explica. Por fim, o branco transmite limpeza, pureza e paz.

6. Estimule os sentidos com aromas e sons

Outra dica que Deni compartilha é com relação aos nossos sentidos: segundo ela, é fundamental estimulá-los para despertar o prazer de estar em casa e compartilhar dessas mesmas sensações com os demais. “Para isso, aromatize os ambientes com essências leves e coloque músicas gostosas em dias festivos”, incentiva.

 

Fonte: casavogue.globo.com



Veja mais Notícias

#paiolmadeiras

CURTA, SIGA E COMPARTILHE AS NOSSAS REDES SOCIAIS: