Entre em contato através do nosso WhatsApp.
Contato Via

10 passos para transformar a área de piscina da sua casa

Publicado em 11 de maio de 2024

De móveis a revestimentos, listamos as principais dicas para você renovar a área de piscina e aproveitar ainda mais o seu espaço de lazer

quentes, em especial, esse espaço de lazer ganha protagonismo e vira o queridinho dos moradores.

Pensando nisso, elaboramos um passo a passo com tudo o que você precisa para tornar o ambiente ainda mais charmoso e interessante.

Dos revestimentos aos detalhes, veja ideias e tendências para inspirar na hora de construir ou reformar a sua área de piscina!

1. Busque o revestimento ideal para a área de piscina

O primeiro passo para deixar a sua área de piscina bonita e funcional por muitos anos é escolher os revestimentos certos.

Por ser um espaço que fica permanentemente exposto às intempéries e à umidade, é importante priorizar um material de alta resistência.

Os projetos mais modernos usam o porcelanato para áreas externas, conhecido por sua praticidade, segurança e durabilidade. Versátil, ele pode ser usado em tanques, bordas e decks.

Outra vantagem é a ampla gama de variações disponíveis no mercado: há opções que atendem a diferentes estilos, reproduzindo texturas como madeira, pedra e concreto.

Entre os revestimentos que estão em alta, vale destacar também o piso fulget, que mistura pedras naturais com agregados, cimento e resinas. Sua superfície mais áspera ajuda a evitar escorregões.

2. Dê uma chance para as piscinas coloridas

Que tal tornar a sua piscina o ponto de cor do ambiente? Revestimentos coloridos para o tanque estão em alta, adicionando personalidade e descontração ao projeto.

Seu espaço externo ficará ainda mais moderno se você apostar em tons como preto, cinza, rosa, amarelo e até vermelho. O segredo é equilibrar os demais elementos para garantir a harmonia no visual.

Na Portobello, é possível encontrar revestimentos coloridos para a piscina em linhas como Surfaces, Sunset e Ipanema.

3. Invista em paisagismo

Quer deixar a sua área de lazer ainda mais aconchegante? Dê uma atenção especial ao paisagismo do espaço.

Árvores, folhagens e flores transmitem instantaneamente sensação de bem-estar. Também trazem vida e cor a qualquer ambiente.

Mesmo se você não tem o famoso “dedo-verde”, há inúmeras opções de plantas que exigem baixa manutenção e são resistentes ao calor intenso, como:

  • Palmeira-fênix, que pode ser cultivada em vasos ou no solo;
  • Azaleia, que deve ser plantada em sol pleno;
  • Cactos, que exigem menos regas;
  • Jasmim-manga, que se adapta a qualquer tipo de solo;
  • Buxinho, arbusto que fica lindo para contornar a piscina.

Inspirações não faltam para dar aquele ar tropical e convidativo. Uma ideia que segue em alta é o jardim vertical, que fica charmoso com plantas como samambaia, xanadu e costela-de-adão.

Vasos de diferentes tamanhos também cumprem bem o papel.

4. Aposte em um deck

Um deck à beira da piscina é um verdadeiro convite ao relaxamento. Estamos falando daquele espaço com cadeiras e espreguiçadeiras para relaxar e curtir o sol.

Apesar de não ser um elemento obrigatório para o seu projeto, vale a pena investir nele para ter outro ambiente de convivência.

E não dá para negar: esse tipo de instalação deixa a sua área de piscina com um toque especial, mais elegante e interessante.

Falta espaço por aí? O deck não precisa ser grande. Você pode apostar na construção em um pequeno cantinho próximo das plantas, por exemplo.

Se a piscina já fica em um canto, aproveite a outra lateral para instalar o seu deck e aproveitar toda a metragem disponível.

Mas se espaço não for problema, considere um deck no entorno de todo o tanque, para trazer ainda mais aconchego e acomodar bem a família em um dia de sol.

Qual tipo de deck escolher?

Na hora de definir a matéria-prima para construir o deck, é importante levar em conta fatores como durabilidade e segurança, além de beleza.

Clássicos, os decks de madeira oferecem conforto térmico mesmo em dias de muito sol para pisar descalço depois de sair da água.

No entanto, esse material exige tratamento constante para manter as suas características, além de ser mais suscetível a pragas.

Uma opção que conquista espaço nos projetos é o porcelanato amadeirado, que demanda apenas uma limpeza periódica e, eventualmente, a manutenção do rejunte.

Além de não absorver água e oferecer alta durabilidade, ele é mais seguro. Revestimentos com acabamento EXT são resistentes ao escorregamento, diminuindo as possibilidades de quedas no piso molhado.

5. Escolha móveis que aliam beleza e funcionalidade

É claro que a piscina é a estrela da área externa, mas os móveis são coadjuvantes que fazem diferença em um dia relaxante ao ar livre.

Seja para receber em casa ou curtir em família, vale investir em sofás, espreguiçadeiras e pufes além de mesas e cadeiras.

Materiais naturais como a madeira e o vime são lindos e trazem uma pegada rústica. Mas também há opções em alta, como a fibra sintética, que é charmosa e funcional.

O segredo é escolher móveis que sejam feitos especialmente para a área externa, por serem mais resistentes e duráveis.

Complemente com acessórios como almofadas coloridas ou estampadas, que agregam personalidade. Certifique-se apenas de que o tecido seja resistente ao sol e à chuva.

6. Capriche na iluminação

A iluminação faz toda a diferença para deixar o clima mais convidativo na área de piscina. Afinal, tem coisa melhor do que chegar do trabalho e dar um mergulho em uma noite quente?

E tudo começa com o tipo de lâmpada: a dica é investir na amarela, que transmite sensação de bem-estar e relaxamento.

Refletores e spots estão entre as opções preferidas para a área externa, já que oferecem luz indireta. Ainda dão destaque a pontos específicos, como as plantas ou a própria piscina.

Outra ideia é a iluminação subaquática, que destaca o design do tanque.

E o que vale a pena evitar? Lâmpadas brancas, muito coloridas — especialmente a verde no paisagismo — ou luz direta.

7. Não esqueça da ducha externa

Antes ou depois de dar aquele mergulho, uma chuveirada é uma boa pedida. Por isso, vale a pena investir em uma ducha externa para o seu projeto.

Se você optou pelo deck e tem plantas, reserve um espaço próximo para instalar o chuveiro. Assim, garante mais um oásis de relaxamento para os dias quentes.

O revestimento para a área com a ducha merece atenção especial. Dá para brincar com produtos coloridos ou estampados, para destacar e trazer um ar moderno.

Também é possível combiná-los com o piso, se o objetivo for manter a unidade. Mas lembre-se de priorizar opções seguras e duráveis.

8. Reserve espaço para uma área gourmet com churrasqueira

Aquele almoço de domingo no verão fica ainda mais gostoso ao ar livre. E se o prato principal for churrasco? Para isso, vale a pena considerar uma churrasqueira na área de piscina.

Se você tem um espaço gourmet externo, pode optar por uma churrasqueira em alvenaria ou até uma profissional a gás.

Complemente o ambiente com um ombrelone charmoso e uma mesa com cadeiras confortáveis para curtir a refeição ao ar livre.

Se a família for grande ou gostar de receber, há também opções de mesas dobráveis, que podem ser guardadas após o uso.

9. Tenha um pergolado para garantir sombra

Curtir um dia de piscina com sol é uma delícia, mas é importante contar com espaços com sombra na área externa.

Uma alternativa charmosa é o pergolado, que pode ser instalado próximo à água para proteger dos raios solares.

Ele pode ser coberto com tecidos em forma de cortinas ou contar com uma estrutura diferente, em metal ou madeira.

Para ser mais resistente, escolha uma cobertura de vidro ou policarbonato.

10. Crie um spa em casa

Sempre sonhou em ter um spa em casa?

Complemente a sua área de piscina com uma banheira estilo ofurô, para relaxar com água quentinha. No mercado, há opções que funcionam para ambientes menores.

Se não for possível investir em um espaço com banheira ou ofurô, também vale considerar uma piscina com prainha.

Esse modelo, que conta com um nível mais raso, está em alta e proporciona conforto e segurança. Dá para colocar uma espreguiçadeira e tomar sol ali.

 

Fonte: blog.archtrends.com.