Entre em contato através do nosso WhatsApp.
Contato Via

7 dicas para inserir a decoração maximalista na sua casa

Publicado em 25 de abril de 2023

Depois de uma era toda minimalista, chegou a vez de a decoração maximalista ter o seu momento. Móveis coloridos, espelhos em diferentes molduras e objetos divertidos pela casa são algumas das características que marcam essa estética. Porém, afinal, como implantar esse estilo de decoração no seu lar?

“A decoração maximalista pode ser confundida com breguice por muitos, mas, na medida certa, com móveis e acessórios que ajudam a entrar nessa estética, é possível criar um ambiente mais divertido, menos sério e neutro, com mais vida; é uma tendência que vem chegando após termos o boom do minimalismo”, explica a arquiteta Juliana Barros.

1. Reaproveite elementos

Reaproveitar elementos na decoração pode ser a chave para esse tipo de tendência. “Podemos pensar em várias formas criativas de trazer leveza e diversão para um lugar. Reaproveitar itens antigos que temos em casa é uma excelente forma de usar a criatividade na hora de decorar. Uma cadeira velha ou uma galocha pode se tornar um vaso de plantas, por exemplo”, explica Juliana Barros.

2. Planta do momento

No paisagismo, o maximalismo chega com a orelha de elefante, a planta que está bombando nas redes sociais; seus fãs estão espalhados entre as mais de 50000# do Instagram. Na onda das plantas grandes para dentro de casa, essa espécie, da família das aráceas, como a costela-de-adão, chama a atenção.

“Essa espécie precisa de banho de luz ou meia-sombra, sendo necessárias quatro a seis horas de luz direta por dia. Atenção, porque ela crescerá: pode chegar até dois metros de altura, com folhas de aproximadamente um metro. A rega deve ser feita no mínimo uma vez ao dia, e [ela] necessita de um solo bem rico em nutrientes”, explica Daiana Devitte, paisagista da Rio Plantas.

O legal é que você pode usar a orelha de elefante em qualquer lugar: sala, quarto, cozinha, banheiro. Tudo vai depender do seu gosto e do lugar que acha melhor para a planta. “Uma dica importante para o cultivo dessa planta é realizar, de tempos em tempos, a manutenção na orelha de elefante. Se a planta estiver no vaso, procure trocá-la de recipiente pelo menos uma vez a cada ano”, finaliza a especialista.

3. Móveis coloridos

Prateleiras, penteadeiras, cabeceiras e até armários coloridos já vêm sendo um sucesso nos últimos anos, e Juliana Barros afirma, ainda, que essas são as principais peças para realizar a decoração maximalista no ambiente. Aposte em cores vivas, como o amarelo, o azul-celeste e o rosa pink.

4. Tapetes psicodélicos

Os tapetes também podem ser usados nesse tipo de decoração. “Um dos principais acessórios que ajudam a compor o ambiente maximalista é o tapete colorido, com estampa, com um tom mais vivo. Ele irá deixar o cômodo com o ar mais divertido, que é uma das principais propostas da estética maximalista, mas também deixa o ambiente charmoso e elegante, já que o tapete nem sempre é visto em residências”, explica a arquiteta.

5. Mix de estampas

Aos olhos de muitos, misturar estampas pode significar falta de noção de estilo, mas é um dos principais pilares para entrar na estética maximalista. Juliana Barros afirma que isso pode ser feito de várias formas, com a parede pintada em listras junto ao tapete com estampa quadriculada ou com um tapete com estampa de zebrinha e almofadas com poá. É possível, ainda, utilizar quadros com desenhos no ambiente.

“O maior cuidado na hora de compor com várias estampas é se atentar ao fundo delas. A grande dica aqui é usar fundos que estejam dentro da mesma paleta de cores, dessa forma as estampas vão conversar entre si, mesmo que sejam muito diferentes. Outro cuidado importante é quanto à escolha dos temas. É importante adotar um tema [tropical, por exemplo] e segui-lo, independentemente da estampa que irá utilizar”, orienta.

6. Itens divertidos

Aqui, usar a criatividade é o grande segredo. “Tem diversos acessórios para o ambiente que ajudam a levar o ar mais descontraído, como o quadro com a língua (icônica), que é sigla da banda Rolling Stones; [você] pode usar vasos coloridos e com formatos de onda, em que é possível colocar plantas dentro. O letreiro de LED vem fazendo muito sucesso e é uma ótima opção para adicionar no cômodo. Faça com palavras ou frases que possuam um significado para você, muitas meninas fazem escrito ‘girl power’, por exemplo”, indica a arquiteta.

Já a designer de interiores e decoradora Georgia Guedes afirma: “discos antigos, sapatos e bolsas, almofadas, livros, ou mesmo souvenirs que trazemos de lembrança de uma viagem especial podem passar a compor um ambiente divertido e criativo. Aqui, a ideia é soltar a criatividade”.

7. Tome cuidado

Apesar de ser uma tendência linda, é preciso ter atenção na hora de decorar. A arquiteta afirma que cores erradas, acessórios colocados em lugares errados, iluminação indevida podem atrapalhar quem está no ambiente. Isso, por sua vez, pode prejudicar a atenção, caso alguém queira ler, estudar ou trabalhar no cômodo.

 

Fonte: terra.com.br