Entre em contato através do nosso WhatsApp.
Contato Via

Entenda o círculo cromático e use as cores a seu favor na decoração!

Publicado em 25 de maio de 2024

Sem dúvidas, você já escutou ou proferiu a seguinte pergunta: “Será que essa cor combina com aquela?”. Por mais que a resposta para essa indagação aparente ser pessoal, a análise do círculo cromático mostra que, na verdade, todas as cores podem combinar entre si. Porém, a escolha depende do efeito que você deseja criar com a combinação — seja nas roupas, maquiagem, ou no design de interiores, como vamos falar aqui.

Primeiramente, o que é o Círculo Cromático?

O círculo cromático é um conceito científico, que representa em círculo as cores percebidas pelo olho humano. A partir de um experimento desenvolvido por Isaac Newton no século XVII, foi possível demonstrar as cores primárias do espectro visível: vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil e violeta.

A disposição das cores no círculo evidencia como elas se relacionam entre si. Os tons podem ser complementares, análogos ou decompostos, e o uso dessas combinações na decoração é definidor para a elaboração de cada ambiente. Por isso, o Círculo Cromático, ou Disco de Newton, se tornou um aliado de arquitetos e designers de interiores, que utilizam a ferramenta para entender as melhores cores de acordo com a proposta de cada projeto.

 

Reunimos algumas ideias de ambientes que podem ser criados a partir destas três combinações de cores do círculo cromático. Entenda como elas podem criar o efeito ideal no decór da sua casa!

Laranja, azul e um paraíso maximalista 

Se o objetivo é criar um ambiente vivo e energético, o ideal é apostar nas cores complementares. Elas são cores que se encontram opostas no círculo cromático e por isso se complementam, como o vermelho e o verde, o amarelo e o roxo, e o laranja e o azul.

Ao somar o alto contraste das cores a uma numerosa quantidade de texturas, estampas e objetos, o escritório obteve um ambiente vibrante e cheio de vida mas ainda assim muito harmônico — um verdadeiro paraíso maximalista onde tudo se conversa.

 

Rosa, verde e amarelo em um ambiente lúdico e autêntico

Combinar as cores complementares é uma forma de brincar com os tons que formam uma tríade no círculo cromático. A escolha mais clássica é unir as primárias vermelho, amarelo e azul, mas o projeto da Casa Coral de 2023, assinado por Ricardo Abreu, jogou com cores secundárias e terciárias que também são consideradas decompostas no círculo cromático. As que se sobressaíram foram o rosa, o verde azulado e o amarelo mostarda.

Essa combinação cria um contraste menos acentuado quando comparado com as cores complementares. É uma excelente escolha quando o objetivo é manter a harmonização e ao mesmo tempo ambientar sua decoração em um universo divertido e autêntico.

 

Aconchego e conforto térmico com tons de madeira 

As cores análogas são aquelas que se encontram em posição de vizinhança no círculo cromático. O efeito dessa combinação depende dos tons análogos utilizados, mas uma forma interessante de aplicá-la é mesclar os tons que compõem os diferentes tipos de madeira.

Além da combinação de diferentes tons de madeira, podem ser escolhidas cores análogas neutras para ajudar a criar essa sensação de acolhimento no ambiente. Como o branco, o off-white e o terracota também se comportam como tons análogos à madeira e são um exemplo de como essa combinação pode conceber um delicioso refúgio.

Fonte: casacor.abril.com.br.